11 de dezembro de 2008

60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Ontem comemoramos os
60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Importantíssima a lembrança, repasso o texto e jpg que recebi da amiga Judith. Infelizmente só consegui postá-lo hoje. Mas vale a pena relermos os 30 artigos, e se possível também a íntegra da Declaração.

por Judith Almeida
Pouco lida, divulgada e, mais ainda, pouco praticada, hoje comemoramos os 60 Anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Não podia deixar de registrar isso e o faço dando uma versão resumida dos 30 artigos da Declaração - dica do meu amigo Ricardo Reis em seu blog - e um link pra quem quiser o texto integral (http://educacao.uol.com.br/historia/declaracao-universal-dos-direitos-humanos.jhtm )


"É um dos documentos mais importantes, completos e necessários e que ajuda a promover a paz e a justiça social", afirma a professora Maria Luiza Marcílio, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Universidade de São Paulo.

Na opinião de Navi Pillay, alta comissária de Direitos Humanos da ONU, o mundo pode ter mudado nos últimos 60 anos, mas a Declaração ainda traz os fundamentos necessários para o bem-estar de todos os cidadãos do mundo.

"Pela primeira vez, a Declaração Universal deu a todos nós - todos os homens, mulheres e crianças de todas as raças, cores e credos - exatamente o direitos que precisamos respeitar e requerer", explicou. Hoje, todas as 192 nações que fazem parte da ONU seguem o documento.

Após 60 anos, Declaração Universal dos Direitos Humanos ainda não é plenamente respeitada.
Direitos humanos avançaram no Brasil, mas "humanos direitos" ainda têm privilégios.

Durante a Assembléia Geral da ONU, em 1948, 48 países, incluindo o Brasil, ratificaram o texto, feito ainda sob o fantasma da 2ª Guerra Mundial e do nazismo. Segundo o Guinness Book, o livro dos recordes, o documento é o mais traduzido da história.
A maior parte das Constituições nacionais feitas após 1948, inclusive a brasileira feita em 1988, tomam como base a Declaração.

p.s. na foto, Eleanor Roosevelt segura pôster com a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 1948.


                              Clique na figura abaixo para aumentar o tamanho do texto.

1 .:

Mírian ღ ღ disse...

Dea querida,
Obrigada pelo elogio :)
Que saudade de voces viu! Como vai a vida nessa nova etapa? Muitos preparativos?

Passe lá no blog que tem um premio para o blog de voces, que é simplesmente sensacional! Mais uma vez parabens pelo excelente trabalho de voces que tem ajudado a tantas pessoas!

bisous

Postar um comentário

                       
Obrigado por deixar o seu comentário!