30 de janeiro de 2009

Esporte, trabalho e reabilitação

Notícias
Reunímos aqui no Blog algumas notícias que se destacaram pela semana. Estas de alguma forma envolveram o Canadá. Para a sua leitura de final de semama.

A primeira é uma ótima oferta de emprego.
à bientôt
dea e juba


(emprego)
Província do Quebec recruta engenheiros da área de aviação

A Província do Quebec, no Canadá, está recrutando profissionais do setor de aviação para o mercado de trabalho local, com salários de até US$ 78 mil por ano.
Os candidatos devem ser engenheiros com especialização no setor aeroespacial. A área tem prioridade do mercado de trabalho local e oferece vagas para profissionais estrangeiros que desejam se inscrever no programa internacional de imigração da província canadense.
quebec engenheiros
As ofertas de trabalho estão distribuídas por vários segmentos da indústria de aviação do Quebec. Há vagas em fabricantes de aviões e aeronaves especiais, em operadoras de transporte aéreo e para pesquisas em instituições educacionais. As principais empregadoras no setor são Bombardier Aéronautique, Mecachrone e Héroux-Devtek.
Continue lendo sobre a notícia

(esporte)
Competição Red Bull Crashed Ice mistura hóquei e esqui downhill

Fonte: Redação 360 Graus
Data: 28/1/2009

red bull È um esporte tão diferente que, até o surgimento do Red Bull Crashed Ice, não tinha nome: o "Ice Cross Downhill", mistura de hóquei com esqui ladeira abaixo que teve nesse final de semana sábado (24/01) sua quarta edição realizada em Quebec, no Canadá. A disputa masculina reuniu 64 atletas, mas a novidade ficou por conta das mulheres - participantes de primeira viagem nesta competição, as 16 melhores atletas femininas do gelo também enfrentaram o rigoroso frio em busca da vitória. A sensação térmica no local era de menos 34 graus Celsius.

Entre os homens, o vencedor foi o finlandês Arttu Pihlainen, que também conquistou o primeiro lugar na edição 2008 do Red Bull Crashed Ice. "Minha adrenalina está a mil. É inacreditável. Parece mentira que venci por dois anos seguidos a competição. Esperava ganhar, mas a gente nunca sabe o que pode acontece durante a disputa. Tive sorte, pois hoje não cometi nenhum erro", disse Pihlainen sobre o bicampeonato.
Continue lendo

(Goiânia/Montreal)
Agenda
Goiânia vai sediar Simpósio Internacional de Reabilitação
fonte: Goiás Agora

goiania2 Goiânia vai sediar o III Simpósio Internacional de Reabilitação, evento marcado para os dias 18 e 19 de fevereiro no Centro de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo (Crer).
O simpósio é uma parceria entre o Crer e o Instituto de Reabilitação de Montreal (Canadá). Durante o encontro, vão ser apresentados novos estudos e técnicas aplicadas em relação à reabilitação de pacientes.

Profissionais que queiram participar devem entrar em contato com o Centro de Estudos do Crer pelo telefone (62) 3232-3073 ou pelo e-mail cene@crer.org.br .
Mais informações para a imprensa: (62) 3232-3050.

(esporte)
Villeneuve lamenta saída do GP do Canadá
Para ex-píloto, Montréal era "uma das corridas mais populares da temporada.

Villeneuve, em Buenos Aires, Argentina
Qui, 29 Jan, 05h23

Redação Central, 29 jan (EFE)
villeneuve
Jacques Villeneuve lamentou o destino do GP do Canadá, que deixará o calendário da F-1 a partir desta temporada.

A corrida foi excluída por Bernie Ecclestone em outubro devido à falta de verbas necessárias.
Com isto, a América do Norte, que no ano passado já não contava com o GP dos EUA, ficará sem uma etapa da F-1 pela primeira vez desde 1958.

Campeão da categoria em 1997, Villeneuve admite ter ficado desapontado com o fim do GP do Canadá.

"É muito triste, pois era uma das corridas mais populares de toda a temporada. Para os pilotos, para os torcedores, sempre foi um grande circuito... empolgante, divertido", disse o canadense.
"Até mesmo o final de semana na cidade era legal. Para Montréal, é uma tremenda perda para os negócios", completou.


(esporte)
Serena Williams é atleta que mais faturou no esporte feminino
Notícias Yahoo
Williams, Serena Ao avançar à final do Aberto da Austrália, a americana Serena Williams se tornou a atleta que mais recebeu dinheiro em premiações na história.

Williams, que hoje venceu a russa Elena Dementieva na semifinal, acumula US$ 22.725.475 em prêmios, superando a golfista sueca Annika Sorenstam, que liderava o ranking com US$ 22.573.475.

A terceira posição é da tenista americana Lindsay Davenport, com US$ 580.740 a menos que Serena.
Dona de nove títulos de Grand Slam, Serena Williams se disse "orgulhosa" pela conquista.

"Fiquei feliz com este recorde.
Lembrei de quando recebi meu primeiro cheque, de US$ 240, em Quebec, no ano de 1995. Eu estava certa de que teria uma grande carreira, mas não imaginava que conquistaria tantas coisas", disse.

EFE cmg/plc
Q:DEP:pt-BR:15065000:Esportes:Tênis
01/29/19-22/09

Assine o nosso conteúdo feed e receba as novidades do blog de forma prática e ordenada!

4 .:

Gleice Kelly disse...

Oi, pois é a galera daqui de Brasília é muito unida e vcs são de onde?.
Abraços.

Gleice Kelly disse...

Legal, essas amizades contarão muito quando chegarmos lá. Qualquer coisa estamos as ordens.
Abraços

Fernanda disse...

Salut! Obrigada por visitar o meu blog :-).

Tomara que vcs comecem a fazer a francisation en ligne logo! Eu estou amando o curso!

Au revoir

Fernanda

De e Lu disse...

Vamos ver, eu pretendo alcançar a condição de usuário básico em um número grande de programas para, pelo menos, poder tentar vagas na área. Existe a possibilidade também de fazer um curso lá (certificate). Abraços

Postar um comentário

                       
Obrigado por deixar o seu comentário!